terça-feira, 5 de janeiro de 2010

O chapéu que falava português


Parece que não é só a língua portuguesa que une Brasil e Portugal. Até mesmo no mundo de Indiana Jones há fatos em comum entre os dois países.

Leia Mais...

É sabido aqui em terras brasileiras que a Cury, fábrica de chapéus de Campinas-SP, forneceu o feltro de pêlo de lebre para a Herbert Johnson, que fez o famoso chapéu de Caçadores da Arca Perdida. A Cury entregou 8 chapéus semi-acabados para empresa inglesa, onde tiveram o topo alongado e receberam sua forma final.

"-Fomos encontrados porque a fábrica de uma cliente nossa patrocinava o filme e eles pediram ênfase no chapéu. Na época vieram o presidente da empresa e um diretor técnico para que a gente fizesse o acessório com as características necessárias. Eles, porém, não revelaram para o que era." - Paulo Cury, diretor e proprietário da fábrica, em entrevista ao jornal Correio Popular em 21/05/2008.

Mas o que poucos sabem é que uma outra empresa também de língua portuguesa forneceu o feltro para um filme de Indy. A empresa FEPSA, de Aveiro, Portugal forneceu o material para o chapéu usado em Reino da Caveira de Cristal.

O cliente alemão Mark Kitter, da Adventurebilt Hat Company, fez as encomendas à empresa portuguesa para cumprir à risca as ordens dadas por Bernie Pollack, responsável pelo guarda-roupa de Indy. Feltros 100% de castor, nas cores castanho e cinza. "Tivemos de desenvolver uma série de características e realizar vários testes até acertarmos com o formato e o peso dos feltros", recorda o responsável pela Fepsa.

A Adventurebilt foi escolhida para fazer os famosos chapéus altos de largas abas Fedora para Harrison Ford. Tarefa árdua de reproduzir um dos símbolos de Indiana Jones, 19 anos depois de a primeira aventura ter invadido as salas de cinema de todo o mundo. A missão estava cumprida depois de Bernie Pollak ter testado os chapéus em Harrison Ford. Trinta e seis chapéus foram criados para o último filme - nove castanhos e dois cinzentos - e os restantes foram usados pelos dublês.

A empresa Fepsa - Feltros Portugueses S.A., fundada em 1969, é líder mundial no fabrico de feltros de qualidade. George W. Bush, Vladimir Putin, Robert De Niro, Nicolas Cage e elementos dos Black Eyed Peas são algumas das personalidades que têm chapéus com feltro produzido em S. João da Madeira.

Agradecimentos ao Salteadores-Raiders pela informaçâo.

5 comentários:

Fábio Mauro disse...

Fantástico Post Igor...as coisas que aprendemos ao visitar o Blogue do Indiana Jones Brasil....Sem dúvida que até no que se refere a Indiana Jones os nossos dois países estão unidos...

Fábio Mauro disse...

É Bom Relembrar também que Indiana Jones teve duas vezes em Portugal e uma pelo menos no Brasil...Esteve em Portugal na arquipélago dos Açores no jogo "Fate of Atlantis" e no filme "Last Crusade" quando recuperou a cruz de Coronado ao Panama Hat e no Brasil no último filme, quando vageava pela amazónia...Sem dúvida que ele sabia falar a nossa lingua...

Igor Arume disse...

Sim, alías Indy faz uma escala em Portugal antes de chegar a Veneza em Last Crusade.

Fábio Mauro disse...

Sim...é verdade...já me tinha esquecido dessa...aposto que passou por cá para comprar mais um Chapéu de FEPSA...hehehe

Anônimo disse...

Olá,

Depois de muita pesquisa sobre o chapéu fedora do Indiana consegui finalizar o chapéu estilo caveira de cristal eu usei o mesmo material feltro castor.

Atè+,
Newton

Postar um comentário

 

©2009/2013 Indiana Jones Brasil - Alguns direitos reservados | Nomes, imagens e outros são marcas registradas dos seus proprietários.