quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Indiana Jones und der Stab der Könige!*

A edição de março da revista alemã de games ''Computer Bild Spiele'' é a primeira publicação (de muitas) a trazer uma reportagem exclusiva do próximo game *Indiana Jones and the Staff of Kings. A revista traz fotos inéditas e acrescenta muitas informações novas. Veja abaixo as scans das páginas da revista.

Leia Mais...



Tradução da matéria:

Filme Imaginário

Desenvolvedores engenhosos trabalham secretamente no novo game do Indiana Jones. Fomos autorizados a obter uma primeira olhada exclusiva para o mundo.

Chapéu e chicote - estas são a marca registrada de um dos mais famosos heróis do cinema mundial: Indiana Jones. O ousado arqueólogo levou as platéias ao lugares mais remotos do planeta na procura por artefatos místicos do mundo antigo. Por enquanto, ele nos levou a Montreal, Canadá. Lá, a equipe da A2M produz “Indiana Jones and the Staff of Kings”, a nova aventura do intrépido arqueólogo. Ao contrário de sua colega e rival Lara Croft, que apresenta o seu belo corpo recentemente em busca de artefatos raros em um jogo pra PC, Xbox 360 e PlayStation 3, Indy está seguindo o seu próprio caminho: os criadores do game escolheram o console da Nintendo, o Wii porque os controles premitem trazer a verdadeira sensação de ser Indy e permite ao jogador balançar o chicote e usá-lo contra os inimigos. O game também será lançado para PSP, DS e PS2. Os desenvolvedores deixaram em aberto se haverão outras versões posteriores. Uma estratégia compreensível da Lucas Arts, se der uma olhada no atual volume de venda de consoles. Wii é a estrela nos EUA, tendo mais vendas que o XBox360 e o PS3 juntos. O Nintendo DS possui uma história de sucesso e milhões de PS2 continuam sendo usados por todo o mundo, permitindo novos jogos para este console antigo. De alguma forma, os jogadores atuais terão que lidar com algumas desvantagens nos gráficos. Os consoles antigos não receberão os gráficos do futuro.

Velhos amigos, velhos inimigos

Falando do roteiro, o que Indy estará procurando no novo game? Os criadores olharam cuidadosamente na história de sucesso dos filmes e chegaram a uma conclusão: os artefatos da mitologia cristã fizeram as melhores histórias. Assim, tal artefato é o principal objetivo da Indy e de seus "velhos amigos", os nazistas. Desta vez, o cara com o chapéu e o chicote procura pelo Cajado dos Reis, o pedaço de madeira que Moisés usou para abrir o Mar Vermelho e outros milagres. Certamente os nazistas não chegarão muito longe sem um ajudante: o arqueólogo Magnus Völler, colega de universidade de Indy que também foi aluno de Charles Kingston, o mentor de nosso herói. A história começa em 1934, quando Indy e Magnus brigaram por uma escavação no Sudão - Magnus já em companhia dos soldados alemães. Indy ganhou a disputa por uma velha relíquia Núbia, mas isso terá sérias consequências...
Em 1939 indy recebe uma mensagem codificada de seu velho amigo Archie Tan, que mora na Chinatown de San Francisco. Quando Indy chega lá, Archie está desaparecido e sua loja, toda revirada. Indy descobre que o seu antigo rival Magnus está por trás disto e que velhos vestígios do desaparecimento do Professor Kingston alguns anos atrás reaparecem, levando Indy ao Panamá, onde ele nao só conhece a amável mas rigorosa jornalista Maggie O'Malley, que passará a acompanhar Indy, mas notas de seu velho porfessor que procurou o Cajado dos Reis, levando-os a Istambul, onde Kingston pode ter deixado outras pistas...

Um game como um filme
Os desenvolvedores tinham um objetivo claro: o novo game do Indy deveria proporcionar a sensação de sentar-se em um cinema e assistir a um novo filme da série. Não só o roteiro foi concebido para parecer com o de um filme, mas a realização da história deveria ser tratada dessa forma. Assim, a famosa música de John Williams será ouvida quando o herói estalar seu chicote, mas haverão também novas músicas que serão originalmente compostas para o jogo. Ângulos da câmera, o ponto de vista do jogador, perspectivas especiais durante os movimentos - tudo para ficar os mais próximo de um filme para não estragar a ilusão de uma nova experiência cinematográfica. Os elementos da ação são particularmente importantes. O jogador deve testemunhar em primeira mão como Indy está fazendo seu movimentos e vencendo suas lutas. Os programadores estão confiantes com o intuitivo controle do Wii, pois eles são fáceis de segurar e os movimentos do jogador são naturais. Além disso, o game tem de preencher certas pretensões relativas aos gráficos. Grandes objectivos que são, obviamente, supervisionados pela LucasArts, conta o designer chefe Stephane Brochu. De qualquer forma, é surpreendente que a LucasArts está dando um projeto tão importante para uma empresa externa - a confiança nos canadenses parece ser muito alta.

O que o jogador pode esperar
Para segurar as altas pretensões relativas ao estilo parecido com filme, haverão muitos personagens remanescentes do universo Indy. O desenvolvedor não conta quem o jogador irá encontrar ou irá ouvir no game, mas haverão encontros com figuras queridas. No modo cooperativo haverá a oportunidade de controlar ao menos um destes personagens, mas o desenvolvedor não nos conta o nome também. A A2M conta que haverá um segredo no jogo que não vai ser muito difícil para desbloquear e que trará diversão especialmente para os fãs dos antigos jogos. E o que é que o jogador tem que fazer para trazer Indy mais próximo de cumprir seu objetivo? Certamente o que Indy sabe fazer de melhor: se safar de brigas de bar, excitantes descobertas em incursões por ruínas subterrâneas de culturas perdidas, fugas apertadas dos inimigos com o típico humor Indiana Jones. Sem este humor, nenhum filme ou game poderia ter funcionado. Durante o desenvolvimento, a equipe estudou os filmes para ter noção do que Indy faria e como agiria em diversas situações. É certo que no mercado de games, Indiana Jones nunca vai envelhecer.

Indy no futuro
Pouco se sabe sobre o futuro do arqueólogo. Após o último filme, que foi recebido de diferentes formas por fãs e críticos, continuam rumores insistindo sobre um posísvel quinto filme. Se o resultado for uma idéia que agrade George Lucas, Steven Spielberg e Harrison Ford, um 5 º (e último) filme poderia ser feito. Mas se não houverem mais boas idéias, a carreira de Indy nas telas de cinema pode ter acabado. Mas isso são apenas rumores. É mais provável que Harrison Ford, que já tem 67, finalmente aposente o chapéu e chicote. O último script precisou de 17 anos para ser feito e se isso ocorrer de novo, Ford terá 84, descartando uma quinta aventura do melhor caçador de tesouros. Logo, o futuro é os jogos, onde Indy nunca envelhece.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2009/2013 Indiana Jones Brasil - Alguns direitos reservados | Nomes, imagens e outros são marcas registradas dos seus proprietários.